Campelo

Uma das empresas mais antigas da região dos Vinhos Verdes, a Campelo foi fundada oficialmente em 1951 mas tem na realidade quase um século de existência, com registos que datam de 1923.

Em 2007, foi adquirida por três irmãos, que associaram a sua paixão pelo vinho ao seu dinamismo e construíram a Campelo de hoje: maior e mais abrangente.

Como resultado da sua dedicação e forte investimento em infraestruturas e equipamentos, expandiram a área de atuação da empresa que se encontra atualmente presente em quatro sub-regiões da Região Demarcada, sendo na sub- região do Cávado, em Barcelos, a adega principal e o centro operacional. Possui ainda as adegas do Marco de Canaveses e Castelo de Paiva nas sub-regiões de Amarante e Paiva, e iniciou recentemente parcerias com a Quinta de Naíde, na sub-região do Ave, assim como com a Quinta dos Poços na Região Demarcada do Douro.

Esta ampla presença na Região dos Vinhos Verdes, permite-lhe captar o que de melhor se produz em cada uma das sub-regiões, refletindo-se numa maior variedade das características aromáticas dos seus vinhos desta região.

Para além de Vinhos Verdes, fazem também parte do seu portfólio vinhos de outras denominações de origem, como vinhos do Douro, Dão e Porto de modo a poder proporcionar aos seus parceiros uma maior diversidade de vinhos portugueses de qualidade.

Oferece também a possibilidade de desenvolvimento de marca própria ou adaptação de rotulagem ao mercado, uma vez que possui um departamento de design com o objectivo de dar resposta às necessidades dos seus parceiros de forma célere e personalizada.

A sua elevada capacidade de produção, variedade de embalagens disponíveis e avidez por desafios, refletem a juventude, dinamismo e versatilidade do grupo Campelo.

Enquanto que marcas como Campelo, Mesa do Presidente e Miranda atravessam gerações, vinhos como Terras de Viriato e Tapada do Marquês marcam uma nova e mais jovem abordagem, sem nunca esquecer as suas origens e identidade de cada região.

Casal da Fonte

O Casal da Fonte situa-se em Vale do Paraíso, concelho de Azambuja.

Uma empresa familiar desde sempre ligada ao vinho através das vivências partilhadas pelos nossos antepassados.

Em 2013 iniciamos a comercialização do Abaladiço, um vinho que pretendemos que reflita as características e castas da região, como a Trincadeira, Tourigas, Castelão, Tinta Roriz, Fernão Pires e Arinto.

O projeto nasce da paixão por vinhos com carácter, plenos de sabor e aromas.

Temos vindo a crescer considerável e sustentadamente.

A área de vinha aumentou, hoje contamos com vários tipos de vinho e várias marcas, dedicamo-nos também à produção de azeite e mel.

Orgulhamo-nos do percurso realizado e das distinções recebidas.

Casal da Fonte: O Sonho da Tradição.

Visite-nos no Guimarães Wine Fair.

Quinta da Basília

A Quinta da Basília situa-se entre a Régua e o Pinhão , no Cima Corgo, e as suas vinhas estendem-se ao longo do Rio Ceira, junto à aldeia de Gouvinhas. De localização privilegiada na Região Demarcada do Douro, mantém-se na família de Mercedes e Manuel Lebres há mais de meio século.

Os importantes investimentos concretizados nos últimos anos permitiram modernizar as vinhas e melhorar as condições da adega, garantindo assim a produção de vinhos de elevada qualidade. A responsabilidade enológica está a cargo do reputado João Brito e Cunha.

Desde 2012, várias referências da Quinta da Basília têm sido submetidas à apreciação da crítica especializada, em publicações nacionais e estrangeiras, bem como à avaliação de júris de concursos relevantes no sector do vinho. Daí resultou a atribuição de diversos prémios, em que se destacam as menções do Concurso Mundial de Bruxelas, do International Wine Challenge, da Revista de Vinhos, da Paixão pelo Vinho e da Robert Parker’s Wine Advocate, entre outros.

A Quinta da Basília produz vinho branco, rosé e tinto de qualidade superior, que distribui em Portugal e nos mercados externos.

Na Guimarães Wine Fair haverá especial destaque para os tintos, em provas que serão o pretexto ideal para descobrir a singularidade destes vinhos e conhecer outras histórias da Quinta da Basília.

Xarão

A Xarão – Companhia Portuguesa de Licores Lda opera atualmente no mercado nacional e em mais de 10 mercados internacionais.

Fundada em 1982, a Xarão dedica-se  ao segmento de licores, xaropes e destilados.

Fruto de um forte investimento tecnológico e da alquimia tradicional,  a Xarão criou uma vasta gama de licores com sabores inconfundivéis, alguns deles líderes de mercado, comercializando um total de 42 referências.

Com mais de 36 anos de experiência e uma inegável qualidade de produtos, a empresa foi pioneira no seu sector ao ser certificada em 2012 pela SGS com a norma ISO 22000. Mantendo sempre como principal objectivo a procura constante de melhoria, em 2017 a empresa foi também reconhecida e certificada com a norma FSSC 22000, abrindo-se ainda mais à internacionalização e consolidando a sua posição em Portugal.

Ainda durante este ano a Xarão viu renovado o seu estatuto de PME Líder 2018; uma certificação que é o reconhecimento do seu elevado desempenho na gestão e implementação de estratégias de crescimento, bem como um enorme motivo de orgulho e um refrescante estímulo para prosseguir a estratégia delineada:

– O MELHOR AINDA ESTÁ PARA BEBER.

+info:

www.xarao.pt

facebook.com/xaraolicores/

Email: geral@xarao.pt

Tel: +351 224 224 299.

Casa José Repolho

A Casa José Repolho é um produtor das regiões de Lisboa & Tejo. É uma adega de média dimensão, fundada em 1973, em Reguengo do Fetal, estando na família há 3 gerações. As nossas marcas tem alcançado reconhecimento internacional, destacando-se os 93 pontos, equivalente a Medalha de Ouro, atribuído ao BURRO VELHO RESERVA 2014 em New York no Ultimate Wine Challenge 2016.
Para saber mais sobre nós, consultar o nosso sitio na internet: www.casajoserepolho-winemakers.com e venha visitar-nos na Guimarães Wine Fair em Novembro.